Estratégia Programa e Portfólio


Uma preocupação atual das empresas tem sido a gestão do portfólio. Para esse fato, porém, nem sempre é dado o enfoque correto. O balanceamento dos projetos é desejado por muitas organizações para obtenção de eficiência no uso dos recursos. No entanto, esse não é o único objetivo.


Os projetos devem ter na organização o objetivo principal de materializar a estratégia. Os objetivos estratégicos de uma empresa estão relacionados com a missão e visão, uma ideia que conecta a capacidade e expertise da empresa com o posicionamento e cenário que se almeja obter.


O caminho a seguir para alcançar a visão (metas e objetivos) por meio da missão, com base nos valores é justamente o gerenciamento de projetos (TRENTIM, 2011). Por este motivo, a gestão eficaz do portfólio é indispensável para converter a estratégia de negócios em resultados positivos de negócios.

A figura 2 exemplifica o alcance da estratégia organizacional por área da organização, mostrando uma estrutura de acordo com uma linha do tempo de alto nível. As várias áreas da organização são indicadas com uma situação atual e uma visão de futuro no final do espectro. As caixas se referem a múltiplos componentes do portfólio (projetos e programas) nas várias áreas da organização.

A gestão do ciclo de vida de um programa (figura 3) demandará sempre alinhamento estratégico organizacional e está baseada em três pilares: gestão de benefícios, gestão de stakeholders e governança de programas. Já a gestão de um portfólio está dividida em governança corporativa de projetos e gerenciamento corporativo de riscos. A governança de programas visa a padronização e controle dos programas e projetos, enquanto a governança corporativa de projetos é mais ampla, compreendendo todos os aspectos de gestão de portfólio, programas e projetos relevantes de uma organização.


Dessa forma, um programa é responsável por materializar os benefícios propostos, devendo para isso coordenar os projetos e recursos pertencentes a ele, bem como as interfaces e dependências internas. É também função do programa lidar com os stakeholders internos e externos de cada projeto e do programa em si.


Já a gestão do portfólio é responsável por selecionar, priorizar e aprovar programas e projetos, alocando recursos para os mesmos. Portanto, o portfólio de projetos reflete o conjunto das iniciativas adotadas pela organização que potencialmente a conduzirão ao alcance dos objetivos e metas estratégicas.


Portanto, observamos (figura 4) que os conceitos de programas e portfólio apresentam, uma visão mais elevada no sentido estratégico-operacional do que os projetos. Programas devem ser direcionados por benefícios a médio prazo. Os portfólios estão relacionados com o suporte aos objetivos estratégicos de longo prazo.


· Programa: conjunto de projetos gerenciados de forma a obter benefícios que não seriam possíveis gerenciando-os individualmente.


· Portfólio: conjunto de programas e projetos que suportam um objetivo estratégico.

1 visualização
Telefones
+55 (65) 9.9338-7000
+55 (65) 9.9207-3213
E-mail
Cuiabá

Rua Doutor Hélio Ribeiro, 525. 18º Andar,
sala 1805. 
Ed. Helbor Dual Business & Corporate 

Bairro Alvorada.

CEP 78.048-250

Cuiabá-MT

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba por e-mail novidades e conteúdo exclusivo sobre gestão e aprimoramento organizacional.

  • YouTube
  • SoundCloud ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram