A Estratégia Multimodal da OMS para o aumento da adesão à Higiene das Mãos

#gestão #estratégiamultimodaldaoms #gestãodasaúde #gestãofinanceira #lean


As Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) afetam milhões de pessoas em todo o mundo e representam um grande risco para a segurança do paciente, devido os altos índices de mortalidade, bem como a elevação de custos às instituições e aos sistemas de saúde.


Em 2005, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou o 1º Desafio Global para Segurança do Paciente com o tema “Uma assistência limpa é uma assistência mais segura” com objetivo central de aumentar as taxas de adesão à higiene das mãos. Em 2009, o Departamento de Segurança do Paciente da OMS lançou uma extensão desse programa; SALVE VIDAS: Higienize suas Mãos, uma iniciativa que visa garantir um foco contínuo global, regional, nacional e local sobre a higiene das mãos nos serviços de saúde. Em particular, SALVE VIDAS: Higienize suas Mãos fortalece os “Meus 5 Momentos para a Higiene das Mãos” como abordagem-chave para proteger o paciente, o profissional de saúde e o ambiente assistencial contra a propagação de patógenos e, assim, reduzir as IRAS.

Para que os referidos 5 Momentos de Higiene das Mãos sejam realizados e de fato, alcancem resultados satisfatórios para as instituições de saúde, é necessário implementar várias ações para enfrentar diferentes obstáculos e barreiras comportamentais. Baseada nas evidências e recomendações das Diretrizes da OMS sobre Higiene das Mãos em Serviços de Saúde, uma série de elementos compõe uma estratégia denominada como: Estratégia Multimodal da OMS para a Melhoria da Higiene das Mãos a qual possui cinco componentes-chave que devem ser implementados adequadamente para o alcance de níveis excelentes de adesão à higiene das mãos.

Componentes da Estratégia


1. Mudança de sistema: visa assegurar que a infraestrutura necessária esteja disponível para permitir a prática de higiene das mãos pelos profissionais de saúde. Isso inclui dois elementos essenciais: acesso a um fornecimento contínuo e seguro de água, bem como de sabonete líquido e papel-toalha. Acesso imediato às preparações alcoólicas para a higiene das mãos no ponto de assistência.


2. Formação/Educação: promover treinamento regular dinâmico sobre a importância da higiene das mãos, com base na abordagem “Meus 5 Momentos para a Higiene das Mãos” e os procedimentos corretos a higiene das mãos.


3. Avaliação e Feedback: monitorar periodicamente as práticas de higiene das mãos e a infraestrutura, juntamente com as percepções e os conhecimentos relacionados entre os profissionais da saúde, fornecendo aos funcionários feedback sobre desempenho e resultados.


4. Lembretes no local de trabalho: disponibilizar cartazes para lembrar os profissionais de saúde sobre a importância da higiene das mãos e sobre as indicações e procedimentos adequados para realizá-la.


5. Clima de segurança institucional: criar um ambiente e percepções que facilitem a sensibilização sobre questões de segurança do paciente, garantindo a consideração de melhoria da higiene das mãos como máxima prioridade em todos os níveis, institucional e individual e o envolvimento dos pacientes.


A literatura mostra que as taxas de higiene das mãos entre profissionais de saúde são alarmantes, cerca de 40%, muito inferior ao preconizado pela OMS que é 100% de adesão, por isso a implementação da estratégia multimodal têm sido encorajada mundialmente e estudos recentes mostram que ela é eficaz para melhora da adesão à higiene das mãos, principalmente quando implementados todos os cinco componentes da forma adequada, articulada e interdependente.


Abordaremos com mais detalhes as características e processos da Estratégia Multimodal nos próximos artigos. Não perca!


Referências:


VALIM, Marília Duarte et al. Eficácia da estratégia multimodal para adesão à Higiene das Mãos: revisão integrativa. Rev. Bras. Enferm. [online]. 2019, vol.72, n.2. pp.552-565.


WORLD HEALTH ORGANIZATION. World alliance for patient safety. Global patient safety challenge: 2005-2006. Geneva: WHO, 2005.


WORLD HEALTH ORGANIZATION. Guide to implemetation: a guide to implementation of the who multimodal hand hygiene improvement strategy. Geneva: WHO, 2009.

0 visualização
Telefones
+55 (65) 9.9338-7000
+55 (65) 9.9207-3213
E-mail
Cuiabá

Rua Doutor Hélio Ribeiro, 525. 18º Andar,
sala 1805. 
Ed. Helbor Dual Business & Corporate 

Bairro Alvorada.

CEP 78.048-250

Cuiabá-MT

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba por e-mail novidades e conteúdo exclusivo sobre gestão e aprimoramento organizacional.

  • YouTube
  • SoundCloud ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram